Carta de quem teve um coração partido curado.

8 de abr de 2014


E agora? Não me venha com essa porção de perguntas complexas. Se não percebeu, estou tentando me reorganizar... Mas é difícil: Os meus traumas, medos, dores e desamores estão espalhados por todos os lados. Bem que cê disse, caminhar até o paraíso não valeu de nada. Não tinha jeito, a dor era minha e não existia promessa, reza ou jura que fizesse o meu desejo de fazer tudo isso passar se realizar.

O estrago foi grande, ouvi dizer por aí que quase não tem reparo. Mas nem repara, um dia repara. E falando em reparo, acho que você reparou que demorei para te responder... Segui seu conselho e depositei toda minha fé onde não existia mais esperança. Reparei aos poucos para não esquecer de nenhuma brecha, mas a fita isolante acabou e eu isolei. Me isolei. Me olhei no espelho e vi os tais olhos que tanto pediam ajuda... Talvez não fosse só meu coração partido que precisasse de reparo. Talvez fosse um pacote completo: Meu coração, minha alma....

Ouvi dizer que você quer ser meu abrigo... Mas antes de qualquer coisa, já vou avisando: Não fala isso, é um perigo. Você precisa entender que você não precisa ser tão generoso comigo.

Aliás, agora é minha vez de ser clara e te explicar uma coisa: Às vezes nem o tempo, nem o acaso, nem as técnicas que a gente nem sabe se funcionam são capazes de reparar um coração partido. Acho que o único remédio capaz de reconstruir um coração destroçado é uma dose de amor próprio, é aproveitar que as coisas estão dilaceradas, que a bússola não funciona mais, que não dá pra ir pro norte, e ir para o sul. Aproveitar o sul para sentir frio e não ter um abrigo (ou abraço) para acolher, sofrer tudo o que for necessário, chorar, chorar para lavar o rosto com lágrimas e mais: Lavar a alma e deixá-la no varal para que toda a tristeza escorra e, enfim, se livre dessa pobre alma. Aproveitar o sul para reconstruir aquela bússola e fazer o sul virar norte. Aproveitar para me reinventar, me realinhar, me descobrir do avesso e me apaixonar pelo que descobri.


Voltei! Não redescobri esperança no meio da dor porque decidi deixar a dor pra trás... Mas a esperança não me deixou pegar o caminho de volta sozinha; "ninguém pode seguir em frente sem mim", disse ela. Realmente... Seguir sem esperança seria a ideia mais mal pensada de toda a minha vida e, depois de perceber o quanto a esperança era necessária, cheguei a uma conclusão: Sem ela, o mundo é visto de um modo sombrio. Era impossível ter visto antes porque a gente não enxerga bem quando está escuro, mas arrisco dizer: Você é luz. Minhas coordenadas mudaram, minha tatuagem é outra, meus modos descobriram, de fato, um jeito de drenar a angústia de um coração partido e eu estou disposta a ir. Não sei muito bem para onde, mas a sensação é diferente: Eu quero ir! Just keep me where the light is...

Voltei, sem pesos desnecessários na bagagem e afim de te dizer: Eu fico. Toda vez que eu tentava me encontrar alguém fazia eu me perder. E, dessa vez, eu decidi: Eu quero me perder... Em você.

*Resposta para o texto Carta pra curar teu coração partido - escrito por Daniel Bovolento, do Entre Todas As Coisas.

15 comentários :

  1. Carta muito linda e emocionante! Foi o Daniel que escreveu? Ou você? Curiosa!

    Post novo, vem ver anjo :)
    www.pequenamenina31.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Patrícia! Então, essa carta fui eu que escrevi. É uma resposta para a carta que ele escreveu (http://entretodasascoisas.com.br/2014/02/11/carta-pra-curar-teu-coracao-partido/).

      Fico feliz que tenha gostado e se emocionado!

      Beijos,
      Amanda.

      Excluir
  2. Muito lindo. sério.

    http://www.vemcaju.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Ju!

      Volte sempre!
      Beijos,
      Amanda.

      Excluir
  3. É..parece que alguém ficou com o coração partido quase que literalmente u.u
    Ficou muito boa, verdade sem a esperança o mundo ficaria sombrio, concordo.

    http://stroke-of-insanity.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ouvi dizer que o coração partido foi curado, hein? <3 hahahaha
      Muito obrigada por ler! :)

      Volte sempre!
      Beijos,
      Amanda.

      Excluir
  4. Nossa...
    Beijinhos
    http://www.maisquebatons.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Texto maravilhoso, sério. <3

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Inês!

      Volte sempre!
      Beijos,
      Amanda.

      Excluir
  6. Esse seu texto ficou maravilhoso é um daqueles que te faz sentir algumas coisas estranhas mas mesmo assim você adora.

    whyalasca.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que alegria ler esse seu comentário! Muito obrigada!

      Volte sempre!
      Beijos,
      Amanda.

      Excluir
  7. Adorei o texto! Lindo demais. Que bom que o coração partido se curou. =)

    Beijos,
    diariodasquatro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Andressa! Volte sempre!

      Beijos,
      Amanda.

      Excluir
  8. O texto ficou muito bom. Parabéns!
    Coração partido é complicado, mas um dia passa.
    Beijinhos
    :)

    http://cariocaemportugal.blogspot.pt/

    ResponderExcluir

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Powered by Blogger | Todos os direitos reservados | Melhor Visualizado no Google Chrome | Topo