2015. ♡

14 de jan de 2015

Tomei vergonha na cara e, enfim, estou aqui para pedir desculpas para todos que acompanhavam o blog e me perguntaram por que eu parei de escrever e postar aqui no Alô Amiga.
Talvez tenha um bocado de coisas que vocês queiram saber sobre esse tempo que eu sumi... O motivo, as histórias que ficaram pela metade e uma porção de coisas que deixei pra trás. Acontece que o ano que acabou de se encerrar foi um ano intenso e eu não soube lidar com as milhares de coisas que aconteceram... E acabei deixando algumas de lado, como o Alô Amiga.

Aos que não sabem, terminei o colegial em 2013 e em 2014 me dediquei aos estudos. Ou pelo menos tentei. Em 2014 tive a certeza do rumo que pretendo levar pra minha vida e fiz um cursinho especializado em comunicação para poder passar em alguma faculdade boa em Jornalismo. Ou melhor, fiz um cursinho para entrar em alguma das faculdades dos meus sonhos. Acontece que nem tudo saiu como planejado e eu não passei...  Chorei, chorei muito. Minha vontade era ficar trancada dentro do meu quarto até que alguém batesse na minha porta dizendo que tudo aquilo não passava de um pesadelo. Mas não aconteceu. Chorei mais um pouco. Recebi abraços e palavras de apoio como "não acabou aqui", "você ainda é jovem", "não chora", "Deus sabe o que faz" e "não era pra ser". Chorei um pouquinho mais. E só agora tive coragem de escrever sobre essa experiência (ainda não superada - sim, estou com um nó na garganta e com os olhos cheios de lágrimas).

2015 chegou na hora certa para tirar todo o peso que o último mês de 2014 colocou em minhas costas... Apesar de estar me sentindo perdida, porque estar na faculdade era algo que estava nos meus planos, eu já me sinto preparada para começar a trilhar um rumo para esse ano que acaba de nascer. Desistir de fazer minha faculdade? Jamais! Eu não quero no futuro ser mais uma frustrada. Vou aproveitar esse ano para ter novas experiências, conhecer novas pessoas, lugares (quem sabe?!) e me preparar ainda mais para, enfim, estar na lista de aprovados da universidade dos meus sonhos. Vou aproveitar a chance do recomeço para voltar a enxergar a vida com bons olhos, fé, determinação e leveza.

Aproveitando o clima de recomeços, quero ter a chance de recomeçar e reconquistar vocês. Quero voltar a escrever porque deixar o Alô Amiga de lado só me mostrou o quanto ter com quem (mesmo sem saber quem) compartilhar um pouquinho de mim era libertador e enriquecedor. Só quando escrevo - e quando estou perto de quem me dá a liberdade de ser quem eu sou - tenho a chance de estar comigo, me conhecendo e aprendendo. Pode parecer estranho, e talvez até seja, mas nesse mundão lotado de pessoas superficiais e que valorizam muito mais aquilo que eu quase ignoro, eu prefiro me esconder e me guardar só para aqueles que realmente mereçam e estejam interessados em me conhecer. E se existe alguém em algum canto do mundo que perdeu alguns minutos do seu tempo lendo isso aqui é porque realmente está interessado em saber quem eu sou.

Além disso, esse ano espero que esse ano todos nós possamos recomeçar, nos reinventar, mudar... Porque a monotonia de ser sempre o mesmo cansa e entedia. Que possamos esquecer aquilo que tem nos machucado e feito chorar e aprendamos uma forma de trazer um sorriso até mesmo nos momentos de tristeza, desgraça e decepção. Que possamos ser corajosos o suficiente para ir atrás do desconhecido sem medo. Que possamos viver amores - e esqueçamos as dores. Que possamos ser, ter ou viver aquilo que sempre sonhamos - sem receio de possíveis danos. E que possamos entender que tudo que acontece em nossas vidas é aprendizado... Até não passar na faculdade dos seus sonhos. :)

Sejam bem-vindos ao Alô Amiga 2015! Não farei promessas porque como já sabem sou péssima de memória e pode ser que eu esqueça de cumpri-las... Mas no que depender de mim, vez ou outra atualizarei esse meu cantinho com um pouco de mim que nem todo mundo conhece e poucos tem a oportunidade de conhecer (poucos = interessados).

Feliz 2015! ♡
Mil e um beijos,
Amanda Alves.
Amanda Uck.
Amanda.
Amandinha.
Mandinha.
Vidolas.
Ou como vocês preferirem.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Powered by Blogger | Todos os direitos reservados | Melhor Visualizado no Google Chrome | Topo