Se eu fosse troxa...

16 de jun de 2015


Se eu fosse troxa eu teria caído no seu papinho, teria acreditado em cada "eu te amo" que você disse e gritaria aos quatro cantos que eu era a única que você jurava amor. Provavelmente, teria dito para todos que você era só meu porque era isso que você me dizia. Se eu fosse troxa, meu caro, eu provavelmente estaria de quatro por você e imploraria para você gostar de mim da mesma forma que eu gostava de você. Ah, se eu fosse troxa, eu provavelmente inventaria uma desculpa para cada falha sua e te defenderia quando alguém tentasse abrir meus olhos dizendo um "você merece coisa melhor". Não, eu não mereço alguém melhor, eu mereço e quero ele. E enquanto isso você colaria um papel em minhas costas, sem que eu percebesse, escrito "troxa".

Ah, mocinho, se eu fosse troxa eu teria deixado de beijar aquele moreno tatuado do sorriso lindo por sua causa e ainda chegaria em casa batendo no peito dizendo que dei um fora por você - e enquanto eu estivesse contando isso para alguma amiga, você estaria do outro lado da cidade com aquela ruiva que eu odeio. Se eu fosse troxa, ah, meu bem, eu não falaria palavrões nem não ingeriria álcool. Mudaria meu estilo de vida por você. É, você sabe bem, se eu fosse troxa eu não ligaria de ir dormir tarde só para poder ficar conversando com você. Não ligaria por ser ignorada pelo menos 2 vezes por dia e também acreditaria nas suas desculpas pé rapadas. Se eu fosse troxa eu admitira que todas as lágrimas que um dia eu derrubaria por você talvez valessem a pena: Choraria caso você sumisse depois de uma noite incrível, choraria caso eu fosse deixada de lado num sábado à noite, choraria se você ficasse com uma qualquer na minha frente e choraria por todas as suas mancadas.

Se eu fosse um tiquinho troxa - ou um bocado, eu certamente teria abandonado todos os meus planos para seguir os seus com você, teria deixado de frequentar os meus lugares preferidos e deixaria de lado aqueles que sempre estiveram comigo.  É, se eu fosse troxa viveria embaixo das suas asas e só faria aquilo que você falasse para eu fazer. Se eu fosse troxa, me jogaria no precipício que deve ser gostar de alguém como você só por achar que você estaria lá em baixo para me segurar. Faria de tudo por você, se fosse troxa, e não ligaria se você não fizesse nem metade por mim. Minha sorte é que não nasci para ser troxa.

2 comentários :

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Powered by Blogger | Todos os direitos reservados | Melhor Visualizado no Google Chrome | Topo