Sobre virar gente grande, faculdade de jornalismo e algumas considerações.

5 de out de 2015
Foto tirada durante uma das aulas de Fotografia <3

Durante toda a nossa vida escutamos "O que você quer ser quando crescer?" e às vezes essa pergunta até nos assusta. "Como assim eu vou ter que decidir, de uma hora pra outra, o que eu quero fazer daqui pra frente?", nos perguntamos. A pressão é grande, o medo de fazer a escolha errada nos aflige e às vezes preferimos adiar para que só tomemos essa decisão quando tivermos certeza. A primeira coisa que eu queria dizer é que somos jovens e, apesar de parecer algo muito urgente, temos a chance de fazer escolhas e voltar atrás quantas vezes quisermos e precisarmos. Se não tivermos certeza, podemos tentar até encontrarmos aquilo que nos traz paz. 

Como escolhi o curso?
Durante minha vida já quis ser médica, psicóloga, publicitária e não dei muitas voltas até encontrar o Jornalismo. Lembro que desde pequena sempre fui incentivada a escrever - dias atrás encontrei uma pasta com redações que escrevia na 2ª série e vê-las me fez perceber que desde pequena eu só queria encontrar um jeito de me expressar.  Segui escrevendo, com mais ou menos 10 anos comecei a escrever um livro inspirado no livro "Tudo Por Um Pop Star", da Thalita Rebouças. Com 14 e 15 minhas aulas preferidas eram as de português, mais precisamente as de redação. Lembro que muitas vezes meu professor, Vírginio, elogiou minha maneira de escrever sobre diversos assuntos e aquilo me motivou a cada vez escrever mais. Quando cheguei no 1º ano do colegial, se não me falha a memória, eu já tinha em mente que queria seguir em alguma área da comunicação. Quando entramos no ensino médio nós percebemos que aquele "o que você quer ser quando crescer?" está cada vez mais próximo e isso nos apavora, desespera e pressiona. Quando cheguei no tão esperado 3º colegial eu já sabia que queria fazer jornalismo e em seguida começaram os temidos vestibulares.

Como me preparei para o vestibular e escolhi a faculdade?
Ainda no 3º ano do colegial passei em uma faculdade mas ainda queria pesquisar mais, ter mais certeza, não fazer nenhuma escolha errada. No ano seguinte me dediquei para entrar em uma boa faculdade, fiz um cursinho por 5 meses e no fim do ano acabei não passando nas faculdades que queria. Fiquei triste porque já sabia a resposta daquela pergunta que me faziam quando eu era pequena, "O que você quer ser quando crescer?", e eu não tinha conseguido entrar na faculdade para começar a escrever minha história como jornalista. Cheguei a escrever um texto a respeito e publiquei aqui no blog, naquela época eu estava meio perdida, atordoada e até um pouco infeliz. Não sabia muito bem qual rumo dar para minha vida e só queria me livrar de todos os pesos que estavam em minhas costas desde o ano anterior. A partir de então minha vida deu uma reviravolta que eu acho que daria uma boa novela ou um capítulo interessante na minha autobiografia: Me mudei, resolvi assuntos que estavam inacabados, vivi momentos inesquecíveis, conheci pessoas incríveis e ENTREI NA FACULDADE. Confesso que essa última novidade é o que eu mais queria compartilhar com todos que me leem e me conhecem - e com aqueles que não me leem e estão me conhecendo agora também. Estou cursando Jornalismo no Mackenzie. O motivo de eu ter escolhido cursar minha faculdade lá?  A grade de aulas, estrutura e tradição da faculdade. Me matriculei e nos últimos meses tenho tido meu primeiro contato com o jornalismo. O que enriquecerá ainda mais a minha pessoa e minha escrita.

O curso e o dia a dia.
Nesse primeiro semestre tenho aula de Sociologia, Psicologia, Ética e Cidadania, Gramática, Interpretação e Redação Jornalística, História da Arte e da Cultura, Música, Teoria da Imagem, Cinema, Fotografia e Tratamento da Imagem e Conceitos Fundamentais do Jornalismo e da Notícia. Confesso que eu amo minha grade de aulas, mas a minha preferida é a de Conceitos Fundamentais do Jornalismo e da Notícia. Por quê? Simples, nessa aula já nos sentimos jornalistas mesmo estando no primeiro semestre. Fazemos matérias e durante essa aula me sinto em uma redação. <3 Demais, não?



Basicamente, a faculdade está sendo como eu sempre sonhei e eu acordo todos os dias entusiasmada. Esse post foi uma sugestão da Ingrid e da Evelyn que pediram para eu falar como e quando escolhi Jornalismo, falar minha primeira impressão sobre a faculdade e qual área de atuação pretendo seguir. Confesso que esse último tema é um pouco difícil de responder se pensarmos que acabei de começar, ainda vou aprender muita coisa e conhecer melhor todas as áreas de atuação. Até o momento minha vontade é ser repórter (seja de rádio, revista ou jornal) de Jornalismo Cultural. Mas ainda tem muito chão pela frente, não?

Espero que eu tenha tirado a maior parte das dúvidas de vocês e mostrado um pouco mais da minha rotina no curso. Qualquer outra dúvida e se quiserem apenas conversar, estou sempre respondendo no twitter @amandauck e também tem o e-mail do blog que é aloamiga@gmail.com.

Mil beijos,
Amanda.

6 comentários :

  1. Que perfeito <3
    Gostei do seu estilo de escrita, lendo seus outros textos e que legal que você faz jornalismo!

    Beijos

    http://orangelily.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lilian!
      Muito obrigada pelo elogio, é realmente muito bom saber que existem pessoas que gostam da minha maneira de escrever. Espero sempre aprimorar e fazer cada vez mais pessoas se interessarem pelo que eu escrevo.

      Beijos,
      Amanda. ♡

      Excluir
  2. Adorei saber mais da sua história! Esse curso não é o que eu quero mas eu o considero muito interessante, mesmo. Eu estou prestes a começar o primeiro ano do ensino médio então acho que ainda tenho muita coisa pra pensar antes de me decidir, né? Espero fazer as escolhas certas e ser muito feliz na minha decisão, assim como você está com a sua! =)

    Abraço,
    literarizei.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Milena!
      Muito obrigada pelo comentário <3
      Aproveite intensamente cada segundo do seu ensino médio e use esses três anos para se encontrar, assim como eu me encontrei no jornalismo. Qual faculdade você pretende fazer? Fiquei curiosa! Hahahaha
      Torço para que você faça as escolhas certas e seja muito feliz!


      Beijos,
      Amanda. ♡

      Excluir

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Powered by Blogger | Todos os direitos reservados | Melhor Visualizado no Google Chrome | Topo